quinta-feira, 5 de agosto de 2010

As vezes ...

As vezes a tempestade é tão duradoura
que você se esquece de que o sol ainda existe, e voltará a brilhar um dia.
As vezes você luta para esquecer aquele momento, aquela pessoa
e mesmo assim o coração insiste em se iludir.
As vezes tudo o que você quer é só um amigo por perto,
mesmo que ele não lhe diga nada.
As vezes, você sorri para disfarçar o que sente por dentro,
mas isso nem sempre funciona.
As vezes você ajuda alguém que talvez nem precisasse tanto
e recebe ingratidão.
As vezes você acha que algo é tão difícil e depois percebe que era tão simples.
As vezes você acha que tem inúmeros amigos, e quando precisa deles...
descobre que poucos são verdadeiros.
As vezes a pessoa que você menos espera
é a única que te tira do fundo do poço
As vezes as coisas mais simples são as mais atraentes.
As vezes coisas ruins acontecem...
mas lhe deixam mais forte para o mundo.
As vezes você pensa que ninguém se importa com você,
e nota que quem mais se importa contigo, estava ao seu lado, o tempo todo.
As vezes você perde as esperanças e aparece alguém
renovando todos os sentimentos.
As vezes você ri, das coisas mais idiotas do mundo e por isso sabe que é feliz.
As vezes um instante tão pequeno
é o mais importante de toda a sua existência.

Por Juliane Nitta

Um comentário:

  1. As vezes você acha que outros tem melhores...
    As vezes você acha que não pode piorar, então olha ao redor
    e descobre que existem tantos outros numa pior ainda...
    As vezes você acha que a situação é crítica...olha prá trás
    e lembra o quão ruim era ontem e o quão melhor será amanhã...
    As vezes você acha que sabe tudo quando ainda tem muito pra escutar
    As vezes são cada vez mais frequentes e marcantes
    As vezes acho que essas vezes são superestimada
    As vezes acho que essas vezes são subestimadas

    Adorei o texto muito bonito. Você tem razão, são
    curtos os momentos mais importantes, mais marcantes
    mais significantes. Desculpa 'copiar' você e escrever um poquinho
    mas não pude evita.

    ResponderExcluir