domingo, 22 de agosto de 2010

O Tempo.

Os dias estão passando rapidamente. 
Mal vejo o dia chegar, mal vejo a noite cair. 
As semanas acabam e começam, e eu continuo aqui.
Minha mente está inquieta, embora aparente tranquilidade.
Tanta coisa misturada, já não sei mais o que é verdade
Sinto-me perdida por não saber aonde ir.
Já não sei o que é melhor pra mim.
Agora todas as minhas certezas viraram dúvidas
Tudo aquilo que pensava ser verdade, não sei mais se é real.
Escolhas para fazer, não consigo me decidir.
Tentando me entender, tentando me achar.
Tentando me, tentando te encontrar.
Tentando manter, tudo no lugar.
 Está tudo tão estranho, tá tudo tão normal,
Mas algo mudou aqui, algo mudou em mim.
Qual escolha vai fazer? O que vai decidir?
Segredos em mim, segredos sem fim.
Por que tá tudo assim?
Procurando achar a solução.
Tá tudo certo, mas eu sinto um vazio aqui.
Eu tento me esconder, em algum esconderijo,
enquanto o tempo tá passando, não está me esperando.
Tá tudo bem, tá tudo normal.
Tentando me entender, tentando me encontrar
Tentando te entender, tentando te achar.
Tentando manter, cada coisa em seu lugar.
Tanta coisa pra dizer, mas não sei o que falar.
Sentindo muitas coisas, e não sabendo expressar.
Talvez meu erro seja querer controlar, o que não está sob meu controle.
Talvez o erro seja querer direcionar, aquilo que não sei para onde levar. 
E por isso eu espero, eu aguardo a vida me direcionar, me levar.
Enquanto eu fico esperando, o tempo vem me buscar.
O tempo não me deixa parar.

Por Juliane Nitta

2 comentários:

  1. oi como vai voce?
    fazia um tempinho q eu nao visitava o blog..e gostei de ter 'voltado'...me enquadrei quase totalmente no texto...engraçado como pensamentos alheios fazem bastante sentido para os outros...gostei muito, consegui perceber um pouco do sentimento depositado no texto..mt bom

    ResponderExcluir
  2. Obrigada querido, eu fico feliz ao saber que as pessoas se identificam com o que eu escrevo *-*

    ResponderExcluir