quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Libertação

Sempre tentei esconder os sentimentos, diminuí-los e colocá-los em uma caixinha onde eu pudesse guardar longe de tudo e todos por medo da reação das pessoas, de não ser correspondida, passar por idiota. Medo de que alguém pegasse meus sentimentos e os esmagasse com as mãos.
Então pensei estar fazendo tudo errado. Na verdade não havia nada errado, estava apenas fora de lugar.
Me senti cansada, exausta. Situações sem fins cansam, ainda mais quando na realidade já acabou mas você não quer enxergar o fim.
Mas nunca quis demonstrar fraqueza,  mesmo quando já não tinha forças nem  para conter as lágrimas que insistiam em cair sem a minha permissão. E foi ai que percebi que não estava sendo fraca, oh não! Eu estava sendo forte por suportar tudo em silêncio e ainda sim colocar um sorriso no rosto que convencesse os demais de que eu estava bem. E eles se convenciam.
Se eu contasse ninguém acreditaria em tudo que aguentei e ainda aguento conseguindo manter a pose de menininha tranquila.
Hoje não é só pose. Aprendi com tudo o que passei, sendo bom ou ruim me fez chegar até aqui, hoje eu tenho certeza de ter o coração em paz, de mesmo com todos os problemas o sorriso ser voluntário e não obrigatório em minha face,  pois entreguei tudo nas mãos de Deus.
Agora veio a certeza de que o passado já não me afeta mais.
Uma nova perpectiva, uma nova vida.
Hoje estou bem, e não faço questão de esconder. 

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Caminhe

Quando você decide dar uma grande passo a frente, algumas coisas ficam para trás. Mas não se preocupe, o que é importante te acompanhará e o que não acompanhar... Bem deixa estar, vai ficar no lugar onde deve ficar: No passado.
 Por isso não deixe de caminhar, é pra frente que se anda ! 

domingo, 21 de agosto de 2011

relatos momentâneos VII


cuide de quem corre do seu lado, quem te apoia e quem realmente se importa com você. Família, amigos *-* são tudo pra você, só basta você abrir os olhos e ouvidos para ver e esutar o que eles tem a te dizer ! :)

sábado, 20 de agosto de 2011

Lembranças.


Era primavera, ainda me recordo daquele final de tarde.
Você me pediu um abraço que eu jamais iria negar e após alguns minutos sussurou em meu ouvido:

- Eu poderia ficar assim a tarde inteira, a noite inteira... Pensado bem, com você eu poderia ficar assim a vida inteira.

Sorri. Não lhe disse nada, olhei em seus olhos e lhe beijei.
Na verdade queria ter dito que no seu abraço eu poderia ficar a eternidade que não me importaria, mas não disse; assim como queria ter dito tantas outras coisas mas nunca ousei pronunciar.

Esses momentos viraram apenas lembranças e mesmo depois de tanto tempo ainda as guardo na memória.
As vezes fecho os olhos e desejo que os dias voltem, queria que a vida tivesse parado ali, com você naquele instante.

domingo, 14 de agosto de 2011

relatos momentâneos VI


Um dia não tão distante, eu sei que chegará a minha vez! Poderei chamá-lo de "meu amor", abraçar e me sentir protegida.

E na hora certa eu saberei quando dizer : " EU TE AMO MEU AMOR ".












Por Luhana Baldan Lemes

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Pensamentos 09-08-2011

E você acha bonito sair por ai beijando várias bocas diferentes?
Então tá né, tem gente que acha bonito ser feio mesmo.  


....



Coisas que eu escrevo na minha agenda, um dia será dedicado a alguém.
Só estou aguardando o momento desse alguém entrar na minha vida.